Polícia divulga novo vídeo do acusado de matar Bárbara

 
Polícia Civil divulgou, na tarde desta sexta-feira (5), um novo vídeo com imagens de Otávio Cardoso Neto, acusado de ser o responsável pelo sumiço e provável assassinato da estudante Bárbara Regina, 21 anos, que desapareceu após ser vista com ele saindo da boate Le Hotel, na Ponta Verde, em Maceió, no dia 1º de setembro passado. Veja o vídeo abaixo.

As novas imagens de vídeo em que Otávio Cardoso aparece foram registradas por câmeras de segurança, quando ele frequentava uma loja de conveniência, em Maceió, no dia 2 de setembro último, pouco mais de 24 horas após a estudante ter sido vista pela última vez, saindo da boate com ele. É provável que, quando Otávio fazia compras na conveniência, a jovem já estivesse morta.

video


Nas imagens liberadas pela polícia, o acusado aparece em companhia de um rapaz gordo, de blusa preta e bermudão. A movimentação deles no recinto dá a entender que são amigos. 

Os dois também foram registrados pelas câmeras saindo juntos do estabelecimento comercial.

A Polícia Civil vem intensificando as investigações, no sentido de também identificar o rapaz de camisa preta. Os policiais descobriram que ele é conhecido como Popo. A polícia solicita que quem tiver informações sobre sua identificação, ligue para o Disque Denúncia 181. A identidade do informante será mantida em sigilo.


Suspeito detido

Na semana passada, a Polícia Civil prendeu Moab Junior, que pode estar ligado ao desaparecimento da estudante. A PC também divulgou uma foto tirada por ele, de um celular de uma de suas vítimas que teve o veículo e o telefone roubados.

“A ousadia dele é tanta que chegou a utilizar o aparelho telefônico da vítima para fazer a foto de dentro do veículo roubado” disse o delegado Carlos Reis, diretor do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM), que ao lado do delegado Antonio Nunes, da Deic, investigam o desaparecimento de Bárbara.

Moab foi preso na última segunda-feira, em sua residência no Conjunto Jardim Acácia, no bairro do Farol, por uma equipe do DPJM, sob o comando do delegado Carlos Reis que declarou que ele é amigo de Otávio Neto e Ítalo Bruno Costa Cavalcante, que tinha sido preso por roubo de carro e receptação de veículo. 

A Polícia Civil reitera ainda que as investigações continuam e quem tiver informações sobre Otávio Cardoso Neto,  que contribuam para sua localização e esclarecimento do caso, deve ligar para o Disque Denúncia no 181.

Fonte: tudonahora.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário